St. Paul´s School integra o ensino de Latim

Colégio defende o reforço da aquisição de competências linguísticas

Ciente da mais-valia que o ensino da Língua e da Cultura Latinas constituem, o Colégio St. Paul’s School integra a disciplina de Latim nos seus “curricula” a partir do 3º ano de escolaridade.

Nesta opção pedagógica encerra-se o intuito de não só favorecer uma sólida aprendizagem da Língua Portuguesa e das suas estruturas, mas também de promover o contacto dos jovens alunos com os valores e os aspetos culturais de uma civilização rica e fascinante.

O Latim é ensinado numa perspetiva dinâmica, que o concebe como Língua de estudo, mas também de comunicação, e é apresentado como disciplina relativamente à qual os alunos podem obter certificação.

Frederico Lourenço defende ensino do Latim

Muito nos orgulha a última entrevista de Frederico Lourenço, tradutor do grego e Prémio Pessoa 2016, por ocasião do lançamento do livro “Nova Gramática do Latim”, afirmou que o Latim devia ser uma língua “ensinada na escola de forma lúdica mas progressiva a partir dos 10 anos”. Defendendo que “a aquisição de vocabulário é a tarefa mais importante na aprendizagem de uma língua, seja ela clássica ou moderna, depois de entendidas as estruturas básicas da morfologia e da sintaxe.”

O colégio St Paul’s School celebrou um Acordo de Cooperação com a University of Cambridge School Classics Project,que contempla a implementação do Cambridge Latin Course nos seus currículos,promovendo o ensino da língua e cultura latinas.

Através deste acordo, assinado pela Diretora Pedagógica do colégio e pela Coordenadora do Cambridge Latin Course a nível nacional, Doutora Susana Marta Pereira, o Colégio usufruirá do apoio desta reputada instituição no que respeita às áreas da formação, da didática e da avaliação externa, sendo possível aos alunos do colégio St. Paul’s School obter certificação em língua latina.

O Coimbra St. Paul`s School revela, na sua génese, um espírito internacional. Trata-se de um colégio privado, bilingue em português-inglês, com uma aposta pedagógica de rigor, e grande investimento no ensino de línguas, incluindo o Latim, Espanhol e o Alemão, com o Francês e Mandarim como opcional.

Alguns dos seus alunos são de naturalidade estrangeira (África do Sul, Bélgica, Brasil, China, Coreia, Itália, Reino Unido, Venezuela) dando ao St. Paul’s uma visão multicultural e cosmopolita.