ST. PAUL’S SCHOOL INICIA ANO LETIVO

3 de setembro é a data que marca o início de um novo ano letivo no St. Paul’s School. Este mês, o colégio bilingue situado em Coimbra assinala um ano de atividade ininterrupta, depois de ter apresentado um programa de férias dinâmico e diversificado, durante todo o mês de agosto.

Isabel Sadio refere que o St Paul’s School “procurou ir ao encontro das necessidades manifestadas pelas famílias, mantendo o colégio aberto durante o mês de agosto, tal como já acontece em períodos de interrupção letiva, no Natal e na Páscoa, por exemplo. Optámos por desenvolver o programa “Summer Blast”, promovendo junto das crianças e dos jovens que o frequentaram aprendizagens diversas nos campos artístico, desportivo, cultural e contribuindo, sempre, para o seu crescimento e enriquecimento enquanto indivíduos curiosos e comprometidos com o seu processo de aprendizagem.”.

O St. Paul’s School mantém, neste ano letivo, inscrições abertas para o Berçário, Creche, Jardim de Infância, 1º ciclo, 2º ciclo e 3º ciclo (7º e 8º ano de escolaridade). O St. Paul’s School tem experimentado uma procura consolidada de famílias que se revêm no seu projeto educativo, tendo num ano quadruplicado o número de alunos inscritos.

Sediado em Coimbra, o colégio abriu as suas portas em setembro de 2017 e o projeto revela, na sua génese, um espírito internacional e segue um modelo pedagógico assente nas ideias de excelência, de rigor, de forte presença junto das famílias, procurando criar respostas pedagógicas adequadas às particularidades de cada aluno.

O programa educativo que o colégio St. Paul’s School preconiza é bilingue, privilegiando o domínio, desde os primeiros anos da criança, do Português e do Inglês e proporcionando aos alunos a aquisição das línguas latina, a partir do 1º ciclo, do Espanhol, a partir do 2º ciclo e do Alemão no 3º ciclo de escolaridade, com o objetivo de dotar os seus alunos da maior proficiência linguística.

Paralelamente, o colégio favorece a realização de atividades extracurriculares no seu próprio espaço e promove a existência de atividades assentes na formação holística da criança e do jovem.”