“O perfil do aluno St. Paul`s é em muito semelhante ao perfil do aluno IB”

St. Paul’s School promove conferência sobre o modelo de Ensino Internacional

O ano letivo iniciou com uma primeira St. Paul`s Conference, subordinada ao tema International Baccalaureate, integrada no contexto da abertura do Ensino Secundário, que irá decorrer no próximo ano letivo.

A conferência contou com duas oradoras, Anabela Rodrigues, membro da Direção Pedagógica do St. Paul´s School, e Noelle Lobato, docente do St. Julian`s School, desde 1990.  

A Miss Anabela Rodrigues, nascida no Canadá, é docente de Inglês no St. Paul`s School desde a génese do projeto, acumulando atualmente funções de Direção Pedagógica.

A docente iniciou a conferência explicando o modelo e estratégias desenvolvidas pelo St. Paul`s por forma a potenciar a imersão dos alunos numa ambiência linguística e cultural bilingue (português-inglês).

O início do ensino de inglês no Pré-Escolar, a matriz curricular, as disciplinas ministradas em modelo bilingue, a forma como se “desenha” o projeto educativo em cada Ciclo, aliados a um contexto vivencial em que 40% dos alunos e staff são nativos e/ou fluentes em inglês, são fatores preponderantes à aquisição da proficiência linguística.

O percurso é delineado com vista à certificação do aluno, devendo, no plano de aquisição de competências linguísticas, atingir o nível B2 até ao final do Terceiro Ciclo.

A segunda parte da conferência deu lugar à participação de Noelle Lobato, Coordenadora e Examinadora de IB, e também docente de Inglês e de Literatura Inglesa no reputado St. Julian’s School, em Lisboa. 

A conferencista começou por congratular o St. Paul`s School pelo Perfil de Aluno adotado, que a surpreendeu pelo facto de ser em muito semelhante ao perfil de aluno do International Baccalaureate (IB). Referiu, também, que o modelo de ensino adotado pelo St. Paul`s constitui uma importante introdução ao Ensino Internacional, a adotar no Secundário.

A iniciar no 11º ano, o IB será constituído por dois anos muito exigentes, rigorosos, de um ensino pré-universitário, que permitirá a integração em estabelecimentos de Ensino Superior por todo o mundo.

As estatísticas demonstram que os alunos IB são mais resilientes e perseverantes, e bem preparados para o futuro, não só do ponto de vista académico e profissional, mas também do ponto de vista pessoal.

“O International Baccalaureate não é apenas um modelo de ensino, mas uma filosofia”, porque dota os alunos de competências e atitude para um processo educativo de sucesso e uma empregabilidade de topo.

O aluno IB deve ser equilibrado do ponto de vista académico, físico e mental, um aluno ativo, com fortes valores e práticas sociais. Por esta razão, o currículo integra disciplinas que apelam à criatividade, investigação, discussão, redação, mas também à prática de ações sociais e humanitárias.

Esta conferência surge no contexto da abertura do Ensino Secundário, podendo os alunos contar, num primeiro ano, com a extensão do Currículo Nacional. No entanto, dada a autonomia pedagógica do Colégio, este continuará a oferecer um programa bilingue e reforçado, ao nível das línguas. Este primeiro ano constituirá um preâmbulo à continuidade do Secundário, em que os alunos terão ao dispor o atual currículo e o International Baccalaureate. 

O ciclo de palestras St. Paul’s Conferences teve início em janeiro de 2019 e, em novembro, contará com uma conferência alusiva à oferta do St. Paul´s School para o Ensino Secundário, no próximo ano letivo.